Voo Rasante

terça-feira, abril 04, 2006

O DELTA DO CANADÁ

A DESTRUIÇÃO DO SONHO DE UMA NAÇÃO.
Imagem de apresentação oficial do CF-105 Arrow para os Canadenses. Orgulho do país.

Uma das histórias mais exóticas do mundo da aviação e que também se encontra até hoje sem uma explicação plausível é a do CF-105 Arrow. Este foi um projeto, inteiramente desenvolvido no Canadá, e que não era simplesmente um novo avião militar, e sim um grande caça supersônico com muitas inovações tecnológicas, e uma delas era o fly by wire.

De dimensões bem avantajadas, e com asas em Delta, ele seguia bem o estilo do F-106 Americano, porém ainda maior e mais moderno. Mas é aí que começa o nó desta história.



Uma das histórias mais exóticas do mundo da aviação e que também se encontra até hoje sem uma explicação plausível é a da CF-105 Arow. Este foi um projeto, inteiramente desenvolvido no Canadá, e que não era simplesmente um novo avião militar, e sim um grande caça supersônico com muitas inovações tecnológicas, e uma delas era o fly by wire.

De dimensões bem avantajadas, e com asas em Delta, ele seguia bem o estilo do F-106 Americano, porém ainda maior e mais moderno. Mas é aí que começa o nó dessa história.

No início da década de 50, um grande projeto envolvendo a empresa Canadense Avro, e por encomenda do Governo, assim estava surgindo um orgulho para o povo do Canadá. Este super avião para a época, prometia ser superior aos mais modernos aviões Americanos, Europeus e Russos da época.

Mas e aí...o que aconteceu?? Essa é aparte mais abominável dessa história, é como os Americanos acham que na América tudo de melhor tem que ser deles, uma sabotagem ao projeto CF-105 e com um apoio de um governo Canadense.

Depois dos primeiros vôos inaugurais para testar o avião e a apresentação do mesmo para toda a população, o novo governo optou por cancelar o projeto.
Aproximadamente em abril 1959, os oficiais de governo tinham se movido até planta de Avro em Malton, Ontário e tinham começado destruir todos os originais do projeto, trabalho feito com ferramentas, além doa aviões prontos associados com o programa CF-105. Os aviões foram cortados e transportados e destruidos como a sucata. Nenhuma parte do programa da Arrow CF-105 devia ser conservada.




Uma das poucas partes que sobraram do avião, está em exposição. Este é um simulador de vôo.

Para quem gosta da história da aviãção militar como eu, existem os kits de montagem de miniaturas do CF-105, como é o caso da foto acima. O meu já está encomendado.

Pior ainda foi a justificativa do cancelamento do projeto. Segundo eles, o cenário de guerra mundial teria mudado e o projeto havia ficado obsoleto, mas para piorar eles produziram sob licença, um dos piores caças Americanos, o F-104. isso além do F-100 e F-101, em detrimento de um projeto próprio e moderno.
A esquerda o CF-104, e a direita o CF-101.

Na atualidade, livros e sites tentam resgatar esta história mas a dificuldade é muito grande, já que tudo que se referia ao projeto do mesmo foi destruído, e que até uma maquete em tamanho natural fica difícil de construir por falta de plantas, e além disso um movimento de pessoas inconformadas com a situação tentou reviver o projeto, mas desistiu por falta de documentos para dar a partida numa réplica do avião.

Esse tipo de acontecimento é bom para que, nós Brasileiros refletirmos sobre até que ponto nossa soberania está sendo corroída com pressões Americanas, para não investirmos em defesa e quando o fazemos, compramos os equipamentos deles, e o pior de tudo. Compramos todo o sistema de radar da Amazônia (SIVAM) de uma empresa Americana por pressão de Bil Clinton para FHC, e não é só isso. Quem havia ganhado a concorrência teria sido uma empresa Francesa em parceria com uma Brasileira..

Isso é tão sério que é só lembrarmos que os radares Argentinos foram fornecidos pelos Americanos, e na guerra das Malvinas o Americanos já forneceram os mísseis para os Ingleses com os códigos dos radares Argentinos.
Que a vergonhosa história do CF-105 Arrow nos sirva de exemplo de que é ótimo sermos amigos, termos boas relações culturais e comerciais, mas soberania é coisa muito séria.

Este foi um grande projeto que foi literalmente abatido antes que pudesse decolar para realmente marcar a história tecnológica de seu país. E nós no Brasil? Quantos grandes projetos foram “abatidos” antes que pudessem brilhar no mercado interno e externo? O Tanque de guerra, Osório da Engesa é um deles.

Filme sobre o Arrow: http://www.videosift.com/video/the-Avro-Arrow-Canadas-incredible-1950s-fighter-jet

Fonte de pesquisa:

http://novaonline.nv.cc.va.us/eli/evans/his135/Events/Arrow59/Arrow59.html
http://www.aviation.technomuses.ca/collections/image_bank/dig_img.cfm?


Esdras Franco

7 Comments:

  • Esdras,

    Fiquei chocado com a história dos mísseis americanos equipados com os códigos dos radares argentinos e vendidos aos ingleses durante a guerra das Malvinas.

    Excelente Artigo.

    By Anonymous Jorge, at dom abr 09, 02:38:00 PM  

  • E nos estamos sujeitos a isso também, já que os radares da Amazonia são construídos por uma empresa Americana.

    By Blogger Esdras, at dom abr 09, 04:58:00 PM  

  • E os amigos ainda não assistiram ao filme ARROW (UM SONHO SEM LIMITES). Quando assistirem...

    By Anonymous Anônimo, at ter ago 19, 08:51:00 PM  

  • Eu quero assistir esse filme, deve ser muito interessante!!

    Esdras

    By Anonymous Esdras, at ter ago 19, 08:54:00 PM  

  • Se o Canadá que é uma nação desenvolvida foi tratado como satélite dos interesses militares e estratégicos dos EUA, o que sobra para a América Latina??

    By Blogger neto, at seg nov 21, 09:00:00 PM  

  • Se o Canadá, foi tratado como país satélite dos EUA o que sobra para a América Latina?

    By Blogger neto, at seg nov 21, 09:01:00 PM  

  • Este tipo de coisa aconteceu muitos nas décadas anteriores e continua acontecendo. Cabe aos governos governar para sua nação e não para interesses pessoais.
    No caso do Canadá, eles deram as costas para os interesses de sua propria nação.
    Coisa que os govrenos do Brasil sempre fizeram, vide a falencia da Engesa.

    By Blogger Esdras, at ter nov 22, 08:36:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home